SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2O caráter híbrido do conceito de referência em RicœurThe most christian state in the world: Irish nationalism newspapers and the Estado Novo, 1932-1945 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Diacrítica

versão impressa ISSN 0807-8967

Resumo

PEREIRA, Luís Miguel. No centenário do nascimento de Paul Ricœur: a memória como espaço de experiência e horizonte de espera. Diacrítica [online]. 2013, vol.27, n.2, pp.175-192. ISSN 0807-8967.

Paul Ricoeur, nascido há 100 anos, é um dos grandes filósofos dos quais a história da filosofia guardou memória. Para o homenagear, escrevemos este pequeno ensaio que tem como tema configurador a memória. Como um grande artífice, construtor de pontes e também de possibilidades, o tema é tratado no quadro da sua fenomenologia hermenêutica. O poder de recordar é uma possibilidade mais do homem capaz. A memória individual e coletiva estão entrelaçadas, encontrando no testemunho o seu ponto de passagem. O autor sustenta a tese que o jogo da memória em toda a sua radicalidade e profundidade joga-se paradoxalmente nas estruturas de alteridade e mediação constitutivas da ipseidade. É através da função narrativa que a memória é incorporada à constituição da identidade. E, o dever de memória coloca a história no sentido do futuro e assume-se verdadeiramente como uma tarefa ética.

Palavras-chave : memória feliz; memória colectiva; comunidade.

        · resumo em Francês     · texto em Português     · Português ( pdf )