SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Las políticas del liberalismo igualitario: justicia rawslsiana vs justicia dworkinianaPhysis and nomos: The nature of equality in popper’s and strauss’ readings of Plato índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Diacrítica

versão impressa ISSN 0807-8967

Resumo

ESCRIHUELA, Carme Melo. In search of a telos: a critique of the performative green public sphere. Diacrítica [online]. 2013, vol.27, n.2, pp.65-86. ISSN 0807-8967.

Neste artigo trato da relação entre políticas do ambiente e esfera pública, colocando a ênfase na concepção de “esfera pública verde” de Douglas Torgerson - preponderante na teoria política verde. Argumento que devemos repensar as concepções congénitas de Torgerson de políticas ambientais e de esfera pública verde. Primeiramente, reviso a noção arendtiana de Torgerson de esfera pública e explico os seus limites quando está em causa uma transformação das políticas ambientais. Com base nas funções das esferas públicas na teoria democrática, gostaria de salientar que o mérito do espaço público verde deve ser avaliado não apenas em relação ao tipo de interacção que propicia (racional-discursiva), mas especialmente na crítica, poder e influência que exerce sobre a sociedade e a democracia. Seguidamente, esboço uma compreensão alternativa e mais adequada, na minha opinião, de esfera pública verde, dado desdobrar as suas aspirações democratizantes. Para este fim, levo em consideração a noção de Habermas e as reacções intelectuais dela decorrentes.

Palavras-chave : esfera pública verde; políticas ambientais; Torgerson; Arendt; teoria da esfera pública.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )