SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Efeito de sistemas alternativos de envelhecimento no perfil sensorial de aguardentes vínicasComparação de duas técnicas de medição do potencial da água na folha em Vitis vinifera var. Alvarinho índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

MONTEIRO, Ana; TEIXEIRA, Generosa  e  LOPES, Carlos M. Micromorfoanatomia foliar de cultivares tintas de Vitis vinifera ssp. vinifera (Vitaceae). Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2013, vol.28, n.1, pp.19-28. ISSN 0254-0223.

Este estudo teve por objetivo caraterizar e comparar as características micromorfoanatómicas foliares de quatro cultivares tintas de videira - ‘Aragonez’ (AR), ‘Cabernet Sauvignon’ (CS), ‘Syrah’ (SY) e ‘Touriga Nacional’ (TN) - cultivadas em condições de campo com clima mediterrânico, com recurso à microscopia ótica (LM) e eletrónica de varrimento (SEM). Observaram-se os seguintes carateres foliares: epiderme superior e inferior, estomas, indumento e estrutura do mesófilo. A área foliar da folha principal apresentou diferenças significativas entre cultivares, apresentando AR o maior valor e CS o menor e SY e TN valores intermédios. CS apresentou uma área foliar específica significativamente superior ao das outras cultivares. Por recurso à microscopia eletrónica, identificaram-se três tipos de estomas nas quatro cultivares - enterrados, ao mesmo nível e elevados em relação às células epidérmicas. A proporção de cada tipo de estoma variou significativamente entre cultivares: AR apresentou uma maior percentagem de estomas elevados; TN os maiores valores de estomas ao mesmo nível e os menores dos estomas enterrados; CS os maiores valores de estomas enterrados; enquanto SY apresentou percentagens intermédias dos três tipos de estomas. A densidade estomática foi maior em AR e SY e menor em CS e TN. O indumento da página inferior foi semelhante nas quatro cultivares. A estrutura do mesófilo apresentou diferenças significativas entre as quatro cultivares. Os maiores e menores valores da espessura total do limbo, do parênquima clorofilino em paliçada e lacunoso e do comprimento e espessura das células da epiderme superior e inferior foram apresentados pelo CS e AR, respetivamente, enquanto que a TN e a SY apresentaram valores intermédios destes carateres. Os resultados mostram diferenças significativas na micromorfoanatomia foliar dos genótipos estudados sublinhando a necessidade de mais estudos para averiguar possíveis interações entre carateres anatómicos foliares - tipo de estomas e estrutura do mesófilo, por exemplo - e respostas fisiológicas observadas em condições de campo.

Palavras-chave : videira; folha; epiderme; estomas; mesófilo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )