SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número2Compra e consumo de vinho em Portugal - uma análise exploratória das motivações/atitudes e atributos de compra dos jovens adultosDesenvovimento de um procedimento de mineralização de mosto para análise elementar, por digestão por microondas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

ZANOL, Geni C.; BALEIRAS-COUTO, M. Margarida  e  DUARTE, Filomena L.. Identificação de leveduras de interesse enológico por perfis de restrição do ADNr 26S. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2010, vol.25, n.2, pp.75-85. ISSN 0254-0223.

O ecossistema microbiano existente nas uvas, no mosto e no vinho é composto por uma grande diversidade de espécies de leveduras. O conhecimento deste biota de leveduras ao longo do processo de vinificação permite um melhor controlo da qualidade do vinho. Para a identificação de leveduras o ADN ribossómico (ADNr) tem-se revelado muito adequado para estimar relações filogenéticas, consideradas pelas correntes mais actuais da taxonomia como estando na base da classificação taxonómica. No presente trabalho, avaliou-se um método baseado na amplificação do ADNr 26S, compreendendo a região D1/D2, seguido de digestão por enzimas de restrição - Perfis de Restrição - para a identificação de espécies de leveduras envolvidas no processo de produção de vinho. Esta avaliação foi efectuada através do uso de 78 estirpes pertencentes a 53 espécies (incluindo 36 estirpes tipo). Utilizaram-se as enzimas de restrição ApaI, HinfI, MseI, HaeIIIe CfoI e, análise numérica dos perfis de restrição gerados permitiu agrupar as espécies estudadas em 47 grupos, 42 dos quais correspondendo a uma única espécie. As enzimas de restrição MseI, HaeIII e CfoI foram as que apresentaram maior poder discriminante ao nível da espécie, permitindo a identificação das mesmas 42 espécies. Apesar da enzyma ApaIter apresentado o mais baixo grau de polimorfismo, esta enzima poderá ser útil para medidas de controlo uma vez que seu perfil de restrição pôde agrupar em um grupo distinto as leveduras Zygosaccharomyces bailii e Z. Lentus. O método desenvolvido revelou eficácia, rapidez e facilidade de aplicação na identificação de leveduras de interesse enológico. Com o presente trabalho iniciou-se a construção de uma base de dados de perfis de restrição para posterior aplicação em condições industriais e de investigação.

Palavras-chave : ADNr 26S; endonucleases; leveduras enológicas; leveduras não-Saccharomyces; perfis de restrição.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )