SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número2Influência da origem da madeira de carvalho no envelhecimento de vinhos tintos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

CURVELO-GARCIA, A.S.. Controlo de práticas enológicas reconhecidas internacionalmente: Uma revisão crítica. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2008, vol.23, n.2, pp.119-122. ISSN 0254-0223.

A descrição de uma prática enológica deverá conter o seu objectivo, o seu campo de aplicação, os limites à sua utilização e, quando for o caso, os aditivos e os auxiliares tecnológicos envolvidos. É o que se passa na OIV, com as Fichas do Código Internacional de Práticas Enológicas e do Codex Enológico. Assim, considerando designadamente os limites da sua utilização, seria pois necessário haver a disponibilidade de metodologias para controlar uma correcta aplicação dessas práticas. Passando-se em revista as diferentes práticas enológicas reconhecidas internacionalmente, descritas no Código Internacional de Práticas Enológicas, verifica-se uma enorme carência destas metodologias de controlo, concluindo-se pois pela necessidade de distinguir as prescrições de informação ou de parecer sobre a utilização das práticas enológicas (como integrando um “Código de Boas Práticas”) das prescrições obrigatórias (necessárias para assegurar a segurança alimentar dos produtos e a lealdade da competitividade).

Palavras-chave : vinho; práticas enológicas; controlo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )