SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número2Uma abordagem sensorial e química ao aroma de aguardentes vínicas envelhecidas da LourinhãControlo de práticas enológicas reconhecidas internacionalmente: Uma revisão crítica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

CLIMACO, Maria Cristina  e  ABREU, Diogo Cancella de. Influência da origem da madeira de carvalho no envelhecimento de vinhos tintos. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2008, vol.23, n.2, pp.111-117. ISSN 0254-0223.

Este trabalho avalia as incidências nas características de vinhos tintos, do estágio em quartolas de madeira de carvalho de espécies oriundas de florestas portuguesas e de florestas da Pensylvania. O ensaio tecnológico consistiu no estágio de vinhos tintos em 4 quartolas de madeira de carvalho português e 4 quartolas de madeira de carvalho americano nas Adegas Cooperativas de Carvoeira e de Benfica do Ribatejo. Os vinhos testemunha estagiaram em garrafas de 0,75 dm- 3. Todas as quartolas foram fornecidas pela mesma tanoaria com nível de queima médio. Na apreciação dos efeitos do estágio em quartolas de madeira de carvalho de espécies distintas nas características dos vinhos procedeu-se à determinação de parâmetros de análise geral e de cor, da composição volátil e foram avaliadas as características sensoriais dos vinhos. Efectuou-se a análise de variância a dois factores, espécie de madeira de carvalho e vinho, para a generalidade dos parâmetros analisados. Os resultados obtidos mostram que os factores vinho e espécie de madeira de carvalho são importantes na definição da cor e da transparência dos vinhos e contribuem para alterações na sua composição volátil. De salientar que os vinhos testemunha se diferenciam dos vinhos envelhecidos em madeira de carvalho pela existência, exclusivamente, nestes últimos vinhos dos isómeros cis e trans de â-metil-ã-octalactona. O teor no isómero cis desta octalactona permite diferenciar os vinhos estagiados em quartolas de madeira de carvalho português e de carvalho americano.

Palavras-chave : vinhos tintos; envelhecimento; madeira de carvalho português; madeira de carvalho americano.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )