SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número2Revisão: as bactérias do ácido láctico do vinho- Parte I índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

FREIRE FILHO, Joao Juracy Palhano; SANTOS, Michele da Silva; BARROS, Helder Morais Mendes  e  LIMA, Vera Lúcia Antunes de. Uso da fertirrigação na cultura da uva na região do sub-médio Vale do São Francisco no Nordeste do Brasil. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2008, vol.23, n.2, pp.75-80. ISSN 0254-0223.

Dentre as fruteiras irrigadas, a uva desponta como uma cultura de alto valor comercial, sendo uma das frutas mais consumidas no mundo. A fertirrigação é uma maneira mais eficiente e econômica de aplicar fertilizantes as plantas, principalmente em regiões áridas e semi-áridas. Com o objetivo de avaliar os impactos ambientais em uma propriedade com uma área de 340 ha localizada no sub-médio vale do São Francisco (Brasil), explorado com a cultura de uva (Vitis vinifera) fertirrigada. O experimento foi conduzido no período entre 1998 e 2001 na fazenda da Empresa Brasiluvas localizada no sub-médio Vale do São Francisco, no município de Juazeiro - BA, no Nordeste do Brasil. Foram feitas observações nas propriedades químicas do solo em dois períodos, 1998 e 2001, em dezesseis setores de irrigação, dos quais 8 setores irrigados por microaspersão e 8 setores irrigados por gotejamento. Foram observados os comportamentos químicas do solo em duas profundidades 020cm e 40-60cm, avaliou-se também a produtividade da cultura. A produtividade não foi comprometida com a diminuição nos teores da maioria das características químicas do solo. Todos os setores irrigados por gotejamento apresentaram acréscimo nos seus teores médios das características químicas do solo analisados. Apesar do aumento nos teores médios dos metais pesados, estes se encontraram nos limites permitidos de acordo com a referência utilizada. Os resultados indicaram que houve aumento gradativo da produtividade na fazenda utilizando sistemas de irrigação por gotejamento e microasperssão. Observou-se ainda que as melhores produções de uva são sempre no segundo semestre.

Palavras-chave : Fertirrigação; Vitis vinifera; impacto ambiental; metais pesados; produtividade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )