SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Efeito da secagem natural na composição química da madeira de castanheiro usada em tanoariaInfluência do enrelvamento na abundância de artrópodes associados a uma vinha da estremadura índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

CATARINO, Sofia et al. Cedência de elementos contaminantes de bentonites ao vinho: contributo para a optimização de uma solução teste. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2006, vol.21, n.1, pp.17-31. ISSN 0254-0223.

Tendo por objectivo principal avaliar e comparar a capacidade de extracção mineral da solução teste indicada pelo OIV relativamente à capacidade de extracção de um vinho, realizou-se um ensaio experimental envolvendo seis bentonites. A composição mineral das soluções de extracção foi determinada por FAAS, ETAAS e ICP-MS, observando-se diferenças significativas entre as variações dos teores de 34 elementos no vinho e na solução de ácido tartárico estabelecida pelo OIV, verificadas em consequência da adição de bentonite. A solução teste indicada pelo OIV parece assim inadequada para fins de controlo da qualidade das bentonites, uma vez que não reflecte o enriquecimento mineral observado no vinho. Algumas bentonites apresentaram teores extraíveis de Na, Al, Fe e As superiores aos estabelecidos pelo OIV. Um segundo ensaio de extracção foi realizado com duas bentonites, vinho e duas soluções teste contendo elementos minerais maioritários no vinho (K, Ca, Na e Mg), proteína de vinho (BSA, em alternativa). Observaram-se diferenças significativas entre as variações de teores no vinho e nas soluções teste para todos os elementos, com excepção do Sc, Mn, Co, W and Bi. Para os elementos Na, Mg (solução teste com BSA), V, Ni, Ga, Zr, Cd, In, Sb, Tl e U, os resultados obtidos foram considerados aceitáveis. A natureza da proteína utilizada nas soluções teste parece importante nas alterações de concentração verificadas por alguns elementos. De um modo geral a solução com proteína de vinho conduziu a resultados mais favoráveis. Contudo, os resultados não são ainda completamente satisfatórios pelo que se considera ser necessário prosseguir os estudos com vista à obtenção de uma solução teste capaz de simular a capacidade de extracção do vinho.

Palavras-chave : elementos contaminantes; bentonite; vinho; solução teste; ICP-MS.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )