SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2Modelos empíricos para estimativa da área foliar da videira na casta Jaen índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

BELCHIOR, Pedro; MATEUS, Ana; CANAS, Sara  e  CALDEIRA, Ilda. Prova de consumidor versus prova técnica de aguardentes velhas. Ciência Téc. Vitiv. [online]. 2004, vol.19, n.2, pp.77-87. ISSN 0254-0223.

No âmbito de um projecto AGRO procedeu-se à comparação de aguardentes Lourinhã, comerciais e de ensaio, com aguardentes existentes no mercado, recorrendo para tal a uma prova de consumidor. Paralelamente, as mesmas aguardentes foram provadas pela câmara de prova de aguardentes da CVRL/EVN. Procedeu-se ainda a uma caracterização mais detalhada das aguardentes, através de análises físico-químicas correntes, e de análises dos compostos voláteis e dos compostos fenólicos de massa molecular baixa. Os resultados, não concordantes, indicam que, de um modo geral, o consumidor tem preferência por aguardentes mais ricas em substâncias de gosto doce, ao contrário dos provadores que apresentam avaliações concordantes com a riqueza das aguardentes em compostos extraíveis da madeira.

Palavras-chave : Prova de consumidor; prova técnica; composição química; aguardentes velhas.

        · resumo em Francês | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )