SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Estimativa Precoce da Produção de Vinho pelo Método Aeropolinico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Ciência e Técnica Vitivinícola

versão impressa ISSN 0254-0223

Resumo

REGNER, F.; EIRAS-DIAS, J.E.; STADLBAUER, Alexandra  e  BLAHOUS, D.. “Blauer Portugieser”, a expansão de uma casta . Ciência Téc. Vitiv. [online]. 1999, vol.14, n.2, pp.37-44. ISSN 0254-0223.

A “Blauer Portugieser” ocupa mais de 20.000 ha de vinha, pertencendo ao grupo das 60 cultivares mais plantadas no Mundo. Embora a área de cultura desta casta esteja em regressão, o seu património genético ainda é muito importante e continuará a sê-lo devido à disseminação dos cruzamentos de que é progenitora. Neste estudo usaram-se mais de 30 marcadores SSR (de Sequências Simples Repetidas) para determinar a origem da cultivar “Blauer Portugieser”, sendo o ADN obtido de folhas jovens provenientes de plantas existentes em colecções de germoplasma de Portugal e Áustria. A análise dos micro-satélites revelou que a “Blauer Portugieser” é, em todos os 32 loci das SSR estudadas, idêntica à “Português Azul”. Além disso, analisaram-se para todos os loci das SSR, duas mutações de côr de bago da “Blauer Portugieser” (branco e rosado) com menor importância económica, não tendo sido possível diferenciá-las pelos marcadores SSR envolvidos neste estudo.

Palavras-chave : Marcadores SSR; micro-satélites; Vitis vinifera.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )