SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número230Famílias e mobilidade interna: uma análise com base nos dados do recenseamento de 2011Expostos e duplamente vigiados: o caso do Facebook índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Social

versão impressa ISSN 0003-2573

Resumo

BARROS, Isa Correia de; SANI, Ana  e  SANTOS, Luís. “É igual mas é diferente”: Género e violência na intimidade entre pessoas do mesmo sexo. Anál. Social [online]. 2019, n.230, pp.106-130. ISSN 0003-2573.  http://dx.doi.org/10.31447/AS00032573.2019230.05.

Em Portugal, os estudos de género sobre a violência na intimidade (VI) têm-se focado em casais heterossexuais. Através de entrevistas realizadas a cinco participantes (um homem e quatro mulheres), que se autoidentificaram como vítimas, procurou-se explorar de que forma o género pode influenciar a violência na intimidade entre pessoas do mesmo sexo. Foram encontradas quatro grandes áreas de interesse: performatividade de género; abandono da relação; procura de ajuda; e linguagem utilizada. Concluiu-se que, mais do que influenciar a violência em si, o género pode influenciar a forma como vítimas e terceiros percecionam esta forma de violência.

Palavras-chave : violência na intimidade; LGBT; género; performatividade de género.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons