SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número221Ser artista imigrante em Portugal: uma análise de perfis socioprofissionais“A maneira de ser dos espanhóis é diferente da nossa”: discursos de identificação nacional na fronteira do Alentejo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Social

versão impressa ISSN 0003-2573

Resumo

FONSECA, Pedro  e  FERREIRA, Maria. Paulo Portas e a legitimação discursiva das políticas de austeridade em Portugal. Anál. Social [online]. 2016, n.221, pp.886-921. ISSN 0003-2573.

O artigo discute as estratégias discursivas desenvolvidas por Paulo Portas entre 2012 e 2014 com vista à legitimação das políticas de austeridade em Portugal. Dando continuidade ao trabalho de Fonseca e Ferreira (2015), o artigo, apoiando-se na análise crítica do discurso, argumenta que as estratégias de legitimação denominadas de “estado de exceção”, culpabilização, eficácia, inexistência de alternativas e apelo às emoções estão associadas a uma articulação complexa entre os conceitos de output legitimacy e input legitimacy (Scharpf, 1999), bem como a um modelo empírico de decisão política em contexto de crise (Jones, 2009).

Palavras-chave : estratégias discursivas de legitimação; análise crítica do discurso; resgate financeiro de Portugal; políticas de austeridade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons