SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número182Adérito Sedas Nunes e o bispo do Porto em 1958Portugal e Espanha em 1856: a díspar evolução política do liberalismo peninsular índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Análise Social

versão impressa ISSN 0003-2573

Resumo

CEREZALES, Diego Palacios. O princípio de autoridade e os motins antifiscais de 1862. Anál. Social [online]. 2007, n.182, pp.35-53. ISSN 0003-2573.

Durante 1862, uma vaga de agitação antifiscal expressou-se em assaltos a dependências fiscais e ataques a escrivães da fazenda. Estes actos eram protagonizados pelas populações das freguesias rurais, que se juntavam ao tocar dos sinos e marchavam em direcção à sede da comarca fiscal. A reacção das autoridades políticas perante os motins pode servir-nos como um momento privilegiado para observarmos a estruturação da administração pública. É nas crises que a acção das elites administrativas e militares torna visíveis os fundamentos da sua autoridade, do poder legítimo.

Palavras-chave : motins populares; ordem pública; legitimidade.

        · resumo em Francês | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons