Scielo RSS <![CDATA[Revista Portuguesa de Ciências do Desporto]]> http://www.scielo.mec.pt/rss.php?pid=1645-052320050001&lang=pt vol. 5 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.mec.pt/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.mec.pt <![CDATA[<B>Tempo de mudanças</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Utilização de métodos invasivo e não invasivo na predição das performances aeróbia e anaeróbia em nadadores de nível nacional</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do presente estudo foi comparar a velocidade crítica (VC) com o limiar anaeróbio (LAN) e verificar as relações dessas variáveis e da capacidade de nado anaeróbio (CTA) com o desempenho de nadadores nas distâncias de 15m, 25m, 50m, 100m, 200m e 400m nado crawl. Participaram voluntariamente do estudo 8 nadadores de nível nacional, que realizaram 3 esforços progressivos (85%, 90% e 100%) de 400m nado crawl para determinação do LAN, bem como esforços máximos nas distâncias de 15m, 25m, 50m, 100m, 200m e 400m em estilo crawl. Os tempos obtidos nas distâncias de 200m e 400m foram submetidos ao procedimento de regressão linear para determinação da VC (coeficiente angular) e CTA (coeficiente linear). A VC (1,38 ± 0,07) não foi significativamente diferente (p<0,05) do LAN (1,37 ± 0,05) e apresentaram correlações significativas com a performance de 400m nado crawl (p<0,05), enquanto que a CTA não se correlacionou significativamente com nenhuma das performances de nado. Desse modo pode-se concluir que a VC é um parâmetro confiável na avaliação da capacidade aeróbia e na predição da performance de 400m nado crawl. No entanto, a CTA obtida pelo intercepto-y não foi um bom preditor da performance dos nadadores nas distâncias entre 15m a 400m.<hr/>The purpose of this study was to compare the critical velocity (VC) with the anaerobic threshold (LAN) and verify the relationship among VC and LAN with anaerobic swimming capacity (CTA) with the swimmer’s performance in the 15m, 25m, 50m, 100m, 200m, 400m distances in crawl swimming. Eight national level swimmers were volunteers in the present study, and performed 3 progressive efforts of 400m crawl swimming (85%, 90% and 100%) for LAN determination. They also performed the maximum effort in the 15m, 25m, 50m, 100m, 200m and 400m distances in crawl style. The scores resulted from the 200m and 400m distances were submitted to the linear regression procedure for VC determination (angular coefficient) and CTA (linear coefficient). The VC (1.38 ± 0.07) was not significantly different from the LAN (1.37 ± 0.05) and presented significant correlations with the 400m crawl swimming performance (p<0.05), while the CTA did not correlate significantly with any of these swimming performances. In this way, it is possible to conclude that the VC is a trustful reliable indicator for the evaluation of the aerobic capacity in swimming. However, the CTA resulted from y-intercept was not a good predictor of the swimmer’s performance in the distances from 15m to 400m crawl swimming. <![CDATA[<B>Impulsão dinâmica da transposição da barreira</B>: <B>Alterações na capacidade de produção mecânica do complexo músculo-tendinoso provocadas pela instalação da fadiga</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objectivo do presente estudo foi avaliar a natureza das alterações na capacidade de produção mecânica do complexo músculo-tendinoso, na fase de impulsão da transposição da barreira, induzidas pela aplicação de um protocolo de fadiga específico à prova de 400 metros barreiras. Sete barreiristas de elite nacional (idade: 24.43 ± 5.68 anos; altura: 1.82 ± 0.06 m; massa: 71.79 ± 5.84 Kg; melhor marca 400mB: 51.55 ± 1.72 s) participaram neste estudo. A acção de transposição da barreira foi filmada com uma câmara de alta velocidade (Redlake PCI1000), que permitiu o cálculo das coordenadas bidimensionais das articulações do membro inferior. Para estimar as alterações de comprimento dos complexos músculo-tendinosos durante a fase de impulsão da transposição da barreira foram utilizadas as equações de regressão adaptadas de Jacobs et al. (14). Uma plataforma de forças tridimensional foi instalada na pista, e as forças de reacção ao apoio (Fz, Fy e Fx) foram registadas a uma frequência de 1000 Hz e sincronizadas com o registo de vídeo. Estes procedimentos foram repetidos antes e após a aplicação do protocolo de fadiga. As diferenças entre condições foram testadas por T-Test para amostras emparelhadas. Os principais resultados mostraram que em condições de fadiga existe um aumento significativo da perda de velocidade horizontal do Centro de Gravidade (CG) (p<.05). Este facto está associado ao aumento significativo do tempo de apoio (p<.001), quer do tempo da fase de amortização (p<.01), quer do tempo da fase de propulsão (p<.05). Contudo, as forças de reacção ao apoio não registaram alterações significativas, embora tenham demonstrado uma tendência para diminuir em situação de fadiga. O aumento da duração da fase de apoio associado a alterações no comportamento angular e, consequentemente, na dinâmica muscular sugerem uma diminuição do stiffness e potência musculares em situação de fadiga.<hr/>The purpose of this study was to investigate changes on the mechanical power output variables produced by the muscle-skeletal system on the take-off phase of hurdles clearance, induced by a specially designed fatigue protocol, which was intended to simulate the fatigue condition of the 400 meters hurdles. Seven national elite male athletes (age: 24.43 ± 5.68 years old; height: 1.82 ± 0.06 m; body mass: 71.79 ± 5.84 Kg; 400mH best: 51.55 ± 1.72 s) participated in this study. The performance of the clearance action was high speed video recorded at 250Hz (Redlake PCI1000), and 2D coordinates of the athlete body joints were obtained. The regression equations adapted by Jacobs et al. (14) were used to estimate the length changes of the muscle tendon complex during the contact phase of the take-off of the clearance action. A three axial force platform was installed on the track, and the ground reaction forces (Fz, Fy and Fx) were recorded synchronized with video data. These procedures were repeated before and after a fatigue protocol. The differences between both conditions were tested using T-Tests for paired samples. In the take-off phase of the hurdles clearance there was an increase on the loose of the horizontal velocity in the fatigue conditions (p<.05). This fact was associated with the increase of the total contact time (p<.001), due to a significant increase of both the breaking (p<.001) and the propulsive (p<.05) contact times. However, ground reactions forces did not show any significant changes. The increase of the support time and the changes in angular displacement of the joint of the trail leg, suggested a decrease in the stiffness and power output produced by the muscle-skeletal system, in the fatigue condition. <![CDATA[<B>Personalidade de atletas brasileiros de alto-rendimento</B>: <B>comparações entre os sexos masculino e feminino e correlação com nível de performance e tempo de treinamento</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Foi objetivo deste estudo avaliar as características da personalidade de atletas brasileiros de alto-rendimento, comparando as semelhanças e diferenças existentes entre indivíduos de ambos os sexos, assim como estabelecer correlações entre as variáveis psicológicas, níveis de performance e tempo de treinamento dos atletas. A amostra se constituiu de duzentos e nove atletas brasileiros (108 homens e 101 mulheres) de quatro modalidades esportivas (voleibol, basquete, judô e natação). Como instrumento para o estudo da personalidade, utilizou-se o Inventário de Personalidade de Freiburg (FPI-R). Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas entre atletas homens e mulheres (p<0,05) em seis das doze variáveis do estudo: auto-realização, agressividade, inibição, irritabilidade, queixas físicas e emotividade. No entanto, esse comportamento não se repetiu quando a amostra foi subdividida por modalidades esportivas. As correlações encontradas entre as variáveis psicológicas do estudo e o tempo de treinamento (-0,234 < r < 0,034) e o nível de performance (-0,202< r < 0,043) dos atletas não foram estatisticamente significativas (p>0,05). Em conclusão, os atletas brasileiros homens e mulheres de alto-rendimento, de uma maneira geral, apresentam diferenças nas características da personalidade. No entanto, quando os subgrupos foram separados e analisados de acordo com sua modalidade, não se observou uma quantidade significativa de diferenças entre atletas dos sexos masculino e feminino. As variáveis tempo de treinamento e nível de performance apresentaram correlações fracas com as variáveis de personalidade, porém sugere-se a realização de futuros estudos para aprofundar este tema.<hr/>This study aimed at (i) evaluating the personality characteristics of Brazilian high-level athletes, verifying similarities and differences among individuals from both gender and (ii) correlating psychological variables with performance level and training years. We sampled two hundred and nine athletes (108 men and 101 women) from four sports (volleyball, basketball, judo and swimming). The FPI-R (Freiburg Personality Inventory) was used to evaluate personality characteristics of the subjects. Statistical significant differences (p<0,05) were found between Brazilian high-level male and female athletes in six out of twelve study variables: Life Satisfaction, Aggressiveness, Inhibition, Irritability, Physical Complaints and Emotionality. However, this tendency was not found when the sample was divided by the respective sports. The correlation found among the psychological variables and athletes training years (-0,234 < r < 0,034) and performance level (-0,202< r < 0,043) was not statistically significant (p>0,05). In conclusion: Men and women Brazilian high-level athletes, in general, presented differences in the personality characteristics. However, when divided and analyzed by their sports, it was not observed a significant difference between athletes from both sexes. Training years and performance level presented weak correlation when with the personality factors, but we suggest that more studies must be done to improve this topic. <![CDATA[<B>Treino específico da força do "flick" no Hóquei em Campo com utilização de bolas de peso superior ao regulamentar</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt The purpose of this study was to discover the effect of the specific strength training, using over - weighted balls, on the start speed of the ball, and to verify that the increase is higher when technique and strength training are combined. A specific strength training cycle was carried out for four weeks using different resistance devices (standard, +5%, +10%, +15% and +20%), with two subjects who belong to the Spanish elite. On the other hand, the technical execution of each shooting was analysed by a qualitative observation of the technique with the aim of verifying the effects of this type of strength training on the subjects´ technical execution. The results of the study showed an increase in the start speed of the ball up to a highest of 7.41% (female player), and 21.96% (male player), and an improvement in the perception of the technical execution after the training cycle, which proved the efficacy of the training carried out.<hr/>O objectivo deste estudo foi conhecer o efeito de um programa de treino específico de força, utilizando bolas de peso superior ao regulamentar, na velocidade de saída da bola e verificar que o incremento é mais elevado quando o treino da técnica e da força são desenvolvidos de forma combinada. Um ciclo específico de treino de força, utilizando sobrecargas (standard, +5%, +10%, +15% and +20%), foi aplicado durante quatro semanas em dois atletas de elite espanhois. Por outro lado, a execução técnica de cada remate foi analisada através de procedimentos de observação qualitativa da técnica, com o objectivo de verificar os efeitos deste tipo de treino da força no desempenho técnico dos sujeitos. Os resultados do estudo mostraram um incremento na velocidade de saída da bola até um máximo de 7.41% na jogadora do sexo feminino e de 21.96% no jogador do sexo masculino, e uma melhoria na percepção da execução técnica após o ciclo de treino, o que provou a eficácia do programa de treino. <![CDATA[<B>Estudo descritivo do inventário do treino técnico-desportivo do tenista</B>: <B>resultados parciais segundo o <I>ranking</B></I>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A formação técnico-desportiva do jovem tenista é constituída principalmente pelo exercício de um grupo de jogadas exigidas para o desempenho na quadra de jogo: Golpes de Definição (GD) e Golpes de Preparação (GP). Este estudo teve como objetivo investigar como foi realizado o treino técnico-desportivo de jovens tenistas brasileiros (13 - 16 anos), que participaram do circuito nacional de competições da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) no ano de 2003. Ainda, objetivamos descrever possíveis diferenças entre o treino dos tenistas posicionados no ranking entre os 10 melhores do país (TR) e tenistas não posicionados entre os 10 melhores do país (TS). Após aplicação do Inventário do Treino Técnico-desportivo do Tenista (ITTT), observou-se diferença significativa na freqüência de treinamento dos grupos de golpes GP e GD [TR (t(63)= 13,6; p = 0,0001); TS (t= 10,6; gl = 165) p = 0,0001)]. Existe diferença significativa (p < 0,01) entre os grupos de golpe; os GP são treinados com mais freqüência (p < 0,01). Foi constatada diferença significativa em favor dos GP quando TR e TS são comparados. Estes resultados sugerem que o treino dos tenistas é realizado de forma precoce.<hr/>The technical development of young tennis players is obtained with the exercise of sets of techniques, which are required for the optimal performance: techniques of definition (GD) and preparation (GP).The goal of this study was investigate how the technical training of young tennis players from Brazil (13 to 16 years of age), who participated in competitions of the Brazilian Tennis Federation, was performed during the year of 2003. Further, we wanted to describe possible differences between players ranked among the 10 best players in Brazil (TR), and players not ranked among the 10 best players in Brazil (TS). After applying the Tennis Technical Questionnaire (5), a significant difference was found in the frequency of training between GP e GD [TR (t(63)= 13.6; p = 0.0001); TS (t = 10.6; gl = 165) p = 0.0001)]. There was a significant difference (p < 0.01) between the two groups of athletes; the GP are trained more frequently (p < 0.01). There was a significant difference when TR and TS are compared, as GP are trained more frequently than GD. These results suggest a precocious specialization of the technical training performed by young tennis players. <![CDATA[<B>Freqüência, precisão e localização temporal de conhecimento de resultados e o processo adaptativo na aquisição de uma habilidade motora de controle da força manual</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No processo de aquisição de habilidades motoras, importa tanto a estabilização funcional, como a capacidade de aplicação do que foi adquirido a novas situações, caracterizando um processo cíclico e dinâmico de instabilidade-estabilidade-instabilidade, que resulta em crescente complexidade. O presente estudo investigou a variável conhecimento de resultados (CR) no processo adaptativo em aprendizagem motora. De acordo com os resultados, regimes de CR menos freqüentes, menos precisos e com atividade no intervalo pós-CR (fatores de instabilidade, incerteza e desordem) não prejudicaram o processo adaptativo de aquisição de uma habilidade motora de controle de força manual.<hr/>In motor skill acquisition, not only functional stability is important, but also the capability of applying what was acquired to new contexts; this characterises a cyclic and dynamic process of instability-stability-instability, which results in increasing complexity. This study aimed to investigate the role of knowledge of results (KR) in motor learning viewed as an adaptive process. According to the results, KR regimes of low frequency and precision, and with interpolated activity on post-KR interval (factors of instability, uncertainty and disorder) were not prejudicial to adaptive process in acquiring a manual force control motor task. <![CDATA[<B>Actividade física e práticas de lazer em adolescentes</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os objectivos do presente trabalho foram: (i) Identificar quais as actividades de lazer mais procuradas pelos adolescentes; (ii) Apreciar os mecanismos de influências da idade e do género na adesão às práticas de lazer, como opção livre e espontânea, durante a adolescência. Foram avaliados 594 sujeitos (15,9 ± 2,18 anos), sendo 304 do sexo feminino e 290 do sexo masculino. As actividades de lazer foram avaliadas por intermédio de um inventário que pretendeu identificar as actividades habituais de lazer dos jovens adolescentes. Os nossos resultados indicam que os adolescentes têm uma grande componente de tempo livre não estruturado. As actividades praticadas pela proporção mais elevada dos jovens podem ser classificadas como lazeres não activos, verificando-se que a participação em actividades físicas não organizadas é apenas indicada em décimo quarto lugar, com 42.2 %, e as não organizadas em décimo quinto lugar, com 41 % das respostas. Em relação ao género, catorze das vinte e uma actividades inventariadas apresentam diferenças significativas com excepção de «Ouvir música», «Ver televisão ou vídeo», «Visitar pessoas conhecidas», «Ir ao cinema, concertos, teatro», «Trabalhar para ganhar algum dinheiro», «Actividades de arte e expressão» e «Trabalhos de solidariedade social». As diferenças de género e etárias devem ser tidas em conta ao nível dos programas de intervenção, no sentido de favorecer práticas tidas como mais positivas no tempo de lazer da população infanto-juvenil.<hr/>The main purposes of this study were (i) identify the most frequent leisure activities; (ii) examine the influence of age and gender on those. The sample comprised 594 adolescents (15.9 ± 2,18 years-old), 304 females and 290 males. Leisure activities were assessed by questionnaire. The findings showed that adolescents had strong non-structured leisure-time activities. Most activities were sedentary ones. Gender-related differences were found in 14 over 21 reported activities. Gender and age differences should be taken into account when defined intervention programs <![CDATA[<B>Influência do meio (urbano e rural) no padrão de aptidão física de rapazes de Viana do Castelo, Portugal</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Nas últimas décadas temos vindo a assistir a alterações profundas nos estilos de vida da população infanto-juvenil. Associada a um crescente grau de urbanização, a sedentarização parece promover o declínio dos níveis de aptidão física das crianças e jovens. Os meios ruralizados são usualmente relacionados com estilos de vida mais vigorosos, no entanto a investigação desta assumpção nesta faixa etária tem sido escassa ou com conclusões algo contraditórias. O objectivo deste trabalho foi comparar os padrões de aptidão física de rapazes (7 aos 10 anos) vivendo em contextos envolventes diferenciados (urbano / rural). Foram analisados 1832 rapazes, pertencendo à base de dados do Estudo Morfofuncional da Criança Vianense. Os efeitos da Idade e do Meio no comportamento da aptidão física foram testados através de técnicas multivariadas e univariadas. Os resultados permitiram concluir que: (i) a aptidão física melhorou significativamente de ano para ano, independentemente do meio; (ii) os rapazes dos dois grupos exibiram uma estrutura significativamente diferente de aptidão física ao longo das idades; (iii) os rapazes das zonas rurais demonstraram ser consistentemente superiores nas provas de Pull Up, Corrida de 50 metros e Corrida de Vaivém, enquanto os seus pares do meio urbano se evidenciaram nas prestações de Shuttle Run e Salto Horizontal.<hr/>Children and youth lifestyles are rapidly changing. Along with a general decrease in physical activity, an increased urbanization of the living spaces can be responsible for a noted decline in physical fitness. Although rural spaces are usually assumed to be related to more vigorous lifestyles, minimal information regarding school-aged children is available in the literature. The goal of this study was to compare fitness levels of elementary school rural and urban boys. The sample was drawn from the Estudo Morfofuncional da Criança Vianense database.Multivariate and univariate statistics were used to clarify the effects of the Environment (urban / rural), and Age (7-to-10 years-of-age). The results showed that: (i) physical fitness improved along all ages, independent of the environment; (ii) rural and urban boys revealed significantly different physical fitness profiles; (iii) rural boys performed significantly better on the Pull Up, 50 meter Dash and 20-meter Pacer Run, while their urban counterparts showed superior results on the Shuttle Run and Standing Long Jump. <![CDATA[<B>Efeito ergogênico da cafeína na performance em exercícios de média e longa duração</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A cafeína é uma substância que não apresenta valor nutricional, sendo classificada como um alcalóide farmacologicamente ativo, estimulante do sistema nervoso central (SNC). No entanto, esta substância tem sido considerada um ergogênico nutricional, por estar presente em várias bebidas consumidas diariamente, tais como o café, o chocolate, o mate e algumas bebidas à base de guaraná. O seu uso tem se tornado bastante comum no meio esportivo, principalmente nos últimos anos, particularmente por atletas que disputam provas de ciclismo e corredores de média e longa distância. O efeito ergogênico da cafeína sobre a performance tem sido demonstrado após a ingestão aguda de doses de cafeína entre 3 e 6 mg/kg de peso corporal. Contudo, ainda não parece estar claro quais os mecanismos de ação da cafeína que estariam envolvidos na melhoria da performance em exercícios prolongados. Quanto ao suposto efeito diurético provocado pelo uso da cafeína, este não tem sido confirmado na prática e, ao que parece, está relacionado ao emprego de mega-doses desta substância. Recentemente, a cafeína foi retirada da lista de substâncias proibidas pela Agência Mundial Anti-Doping (WADA), o que possivelmente implicará em um aumento considerável do uso desta substância por parte de atletas. Assim, é necessário que se tome alguns cuidados quando da utilização desta substância ergogênica, uma vez que a ingestão desorientada pode contribuir para o aparecimento de efeitos colaterais que poderão influenciar negativamente a performance do atleta.<hr/>Caffeine is a substance that does not have a nutritional value being classified as a pharmacological active alkaloid, with stimulating action on central nervous system (CNS). However, this substance has been considered a nutritional ergogenic, since it is present in several drinks consumed daily, such as coffee, chocolate, teas and some soft drinks with guaraná. Its use has been common in sports, specially in last years, particularly for athletes in cycling competitions and middle- and long-distance runners. The ergogenic effect of caffeine on performance has been demonstrated after the acute ingestion of doses of caffeine between 3 and 6 mg/kg of body weight. However, it is not still clear which action mechanisms of caffeine would be involved on performance improvement of long-term exercise. The supposed diuretic effect induced by the use of caffeine has not been confirmed in practice, and it seems that it is related to employment of mega-doses of this substance. Recently, caffeine was removed of the list of the prohibited substances by the World Agency Anti-Doping (WADA). This probably implies a considerable increase of its use by athletes. Thus, it is necessary some cares when using this ergogenic substance, since the disoriented ingestion may contribute to the emergence of collateral effects influencing negatively athlete's performance. <![CDATA[<B>Efeitos da ingestão dos aminoácidos de cadeia ramificada na fadiga central</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A descoberta de alterações na actividade e concentração intracefálica de alguns neurotransmissores, nomeadamente a serotonina (5-hidroxitriptamina, 5-HT), durante e após o exercício intenso de longa duração, colocou a questão da relação entre o conhecido efeito depressor destes compostos e o controlo metabólico em esforço de dominante aeróbia. A perturbação do funcionamento dos sistemas monoaminérgicos encefálicos induzida pelo exercício pode estar na base do impedimento à continuação da activação central do sistema neuromuscular em situações próximas do limite, tão habituais no atleta de fundo quando em competição. Ora, sabe-se que a taxa de síntese da 5-HT é sensível à concentração plasmática do triptofano (TRP) livre, dos aminoácidos de cadeia ramificada (AACR) e dos ácidos gordos, o que permitirá a manipulação da função serotoninérgica indirectamente através da suplementação de AACR e de hidratos de carbono. A exploração da intervenção dietética ganhou importância devido à probabilidade da suplementação em AACR induzir uma redução da taxa de passagem dos percursores da 5-HT pela barreira hemato-encefálica. É nosso objectivo neste trabalho discutir a eficácia da intervenção dietética sobre os mecanismos subjacentes ao fenómeno da fadiga central a partir da apreciação do quadro actual de conhecimentos sobre estes complexos mecanismos de regulação metabólica e neuro-humoral.<hr/>Evidence of changes in the concentration of certain neurotransmitters in the brain during and after long distance high-intensity exercise, especially serotonin (5-hydroxytryptamine, 5-HT), raised the question of the relationship between the well known depressor effect of these compounds and the metabolic and neuro-hormonal regulation present in the acute response to this type of physical exertion. Functional disturbance of the brain monoaminergic systems induced may be the reason for the inability to maintain central activation of muscle in near the limit situations as happens so often to long distance athletes in competition. Since it is well known that the rate of synthesis of 5-HT is sensitive to the plasma content in free triptophan (TRP), branched-chain amino acids (BCAA) and free fatty acids, it has been postulated that an increase in free fatty acids during and after endurance exercise mediates an increment of free TRP which, in combination with a decline of circulating BCAA, facilitates the entry of TRP into the brain, there by increasing cerebral serotonergic tone. This way, supplementation with BCAAs and/or carbohydrates during exercise becomes an interesting procedure to explore, since it may reduce the rate of penetration of 5-HT precursors through the blood-brain barrier. The aim of this review is to discuss the efficacy of nutritional strategies on the mechanisms underlying central fatigue from present knowledge on the complex metabolic and neurohumoral regulation mechanisms. <![CDATA[<B>Potencial efeito preventivo e terapêutico da actividade física no síndrome do canal cárpico</B>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1645-05232005000100012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O síndrome do canal cárpico (SCC) é a doença de sobrecarga relacionada com a actividade laboral que surge mais frequentemente, tendo a sua incidência aumentado exponencialmente nos últimos vinte anos (28). Os seus sintomas, atingindo pessoas com variadas ocupações e profissões, são extremamente limitativos para o indivíduo afectado, influenciando negativamente a sua vida profissional e pessoal (117). Por outro lado, o tratamento deste distúrbio musculo-esquelético é, frequentemente, moroso, oneroso e incompatível com as obrigações profissionais (27). Assim, a prevenção do SCC ocupa um lugar de destaque no combate a esta doença, podendo evitar todos os inconvenientes a ela associados. O objectivo deste trabalho consiste em efectuar uma revisão bibliográfica acerca do SCC e obter dados que permitam esclarecer o papel da actividade física (AF) na sua prevenção primária e secundária. Desse modo, foram revistos os principais factores de risco para o aparecimento e desenvolvimento do SCC (destacando-se, entre outros, o elevado índice de massa corporal - IMC -, a idade acima dos 30 anos, as actividades manuais repetitivas e a diabetes mellitus - DM) e as principais intervenções preventivas, primárias e secundárias, sugeridas pela literatura. Verificou-se que as principais medidas preventivas são baseadas na minimização ou na anulação dos factores de risco da doença e que a AF foi pouco investigada enquanto potencial estratégia preventiva do SCC. Os estudos efectuados com o intuito de esclarecer a relação entre a AF e a prevenção do SCC são muito reduzidos e foram, maioritariamente, desenvolvidos recorrendo a amostras pouco numerosas. Contudo, numa revisão bibliográfica mais ampla, parece encontrar-se motivos que justifiquem, pelo menos, uma investigação mais aprofundada das potencialidades da actividade física na prevenção do SCC.<hr/>The carpal tunnel syndrome (CTS) is the most frequent work-related overuse disease, having its incidence increased exponentially in the last twenty years (28). The illness symptoms, reaching people with varied occupations and professions, are extremely limitative with a negative influence in professional and personal life (117). On the other hand, this musculoskeletal disorder treatment is, frequently, slow, onerous and incompatible with professional obligations (27). Thus, CTS prevention seems to be a priority measure to fight this disease and the associated inconveniences. The main aim of this work consists in accomplish a bibliographical revision concerning CTS and obtain data that allow clarification about the role of physical activity (PA) in its primary and secondary prevention. In this way, the main risk factors for the appearance and development of CTS have been reviewed (being distinguished, among others, the high body mass index - BMI -, the age above 30 years, the repetitive hand activities and the diabetes mellitus - DM) as well as the main preventive interventions, suggested by literature. It was verified that i) the main prevention measures are based on the minimization of the illness risk factors and ii) the PA was little investigated as a preventive potential strategy for the manifestation of CTS. In fact, studies that intended to clarify the relation between PA and the prevention of CTS are very few and have been, in most cases, developed with insufficient samples. However, according to the bibliography, it seems justified a more deepened experimental investigation about the potential effects of PA on CTS prevention.