Scielo RSS <![CDATA[Economia Global e Gestão]]> http://www.scielo.mec.pt/rss.php?pid=0873-744420120001&lang=pt vol. 17 num. 1 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.mec.pt/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.mec.pt <![CDATA[<b>Uma panóplia de desafios</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>Sistemas de informação e estratégia em organizações agroindustriais</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo deste artigo foi investigar as relações entre os principais aspectos do sistema de informações dentro do processo de visão e gestão estratégica em organizações agroindustriais do setor avícola do Estado de Pernambuco. Para a realização dessa pesquisa, foram analisadas 27 empresas e investigados oito aspectos inerentes ao sistema de informações associados à gestão estratégica. Nesta pesquisa foram estudadas as seguintes variáveis: difusão das estratégias; meios de difusão; metas estratégicas; canais de feedback ; mercados explorados; uso de relatórios periódicos; uso de benchmarking e horizonte estratégico. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi o questionário. Para atingir o objetivo proposto, foram utilizadas três abordagens metodológicas multivariadas complementares: a análise de agrupamentos, o escalonamento multidimensional e a análise fatorial. Os resultados obtidos através da análise de agrupamento apontaram evidências empíricas da existência de relações entre os diversos fatores referentes às informações financeiras utilizadas dentro das práticas gerenciais sobre custos a partir da identificação de um grupo. O núcleo deste agrupamento identificado foi composto pelas variáveis referentes às informações relacionadas ao estabelecimento de metas e ao uso de mecanismos de feedback.<hr/>The objective of this paper was to investigate the relationships between the key aspects of the information system within the process of vision and strategic management among agribusiness organizations from the poultry industry of Pernambuco State. For this survey 27 companies were analyzed and eight aspects inherent in the system of information related to strategic management were investigated. This research studied the following variables: dissemination strategies, means of diffusion, strategic goals, feedback channels, markets explored, use of periodic reports, use of benchmarking, and strategic horizon. The instrument used for data collection was a questionnaire. To achieve the objective, three complementary multivariate methodological approaches were used: cluster analysis, multidimensional scaling and factor analysis. The results obtained by cluster analysis showed empirical evidence of the existence of relationships between the various factors related to financial information used within the cost management practices on the basis of the identification of a group. The core of this group identified included the variables relating to information of setting goals and the use of feedback mechanisms. <![CDATA[<b>Os Fatores determinantes da continuidade de uso do canal <i>on-line</i> para a compra de Livros, CDs e DVDs</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Compreender os fatores que levam os consumidores a decidirem pela continuidade de uso do canal on-line para a compra de produtos pode trazer benefícios às empresas que desejam investir neste meio. O objetivo deste estudo foi identificar os fatores influentes no uso contínuo do canal on-line . Para tanto, com base em modelos de aceitação e uso de tecnologia e de expectativa com o uso de tecnologia de informação, foi realizada uma pesquisa com 123 compradores de livros, CDs ou DVDs pela Internet na cidade de São Paulo, amostradas probabilisticamente. Os resultados obtidos a partir da técnica de modelagem de equações estruturais (MEE) indicam que os aspectos mais relevantes para a manutenção do canal on-line para compra são as condições facilitadoras no uso desse meio e a satisfação em todo o processo.<hr/>Understanding the factors that lead consumers to decide for the continuity of use of the on-line channel in the purchase of products can bring benefits for companies wishing to invest in this way. The objective of this study was to identify the influential factors in the continued use of the on-line channel. Thus, based on models of acceptance and use of technology and expectation of the use of information technology, was performed a research with 123 purchasers of books, CDs or DVDs by the Internet, from a casual sampling. Results obtained from the technique of structural equation modeling (SEM) indicate that to the maintenance of the on-line channel for buying books, CDs and DVDs are the facilitating conditions in the use of this technology and the satisfaction throughout the acquisition process of the products. <![CDATA[<b>Perspetiva económico-financeira da Rede PME Inovação COTEC</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt This article examines the COTEC Innovative SME Network from an economic and financial perspective. The COTEC Network is a group of companies that strives to be a reference for value creation in Portugal by adopting innovative attitudes and undertaking innovative activities. This analysis is made at the Network and sector levels. Portugal’s non-financial SMEs (at the national level) are the benchmark for the Network, and the non-financial SMEs for each economic sector in the country are the benchmark for the COTEC sectors. Although the conclusions require confirmation in future research, they indicate that companies in the Network have much higher levels of economic profitability and financial robustness than Portugal’s SMEs in general, both as a whole and by sector.<hr/>Este artigo efetua a caraterização económico-financeira da Rede PME Inovação COTEC, um grupo de empresas que pretende ser uma referência de criação de valor em Portugal, em resultado da adoção de atitudes e do desenvolvimento de atividades inovadoras. A análise faz-se a dois níveis: Rede e setores. No caso da Rede, o benchmark são as PMEs não financeiras do País, enquanto no caso dos setores são as correspondentes PMEs não financeiras. As conclusões, que carecem de confirmação em futuras investigações, apontam no sentido de as empresas da Rede terem níveis de rentabilidade económica e de robustez financeira muitíssimo acima da generalidade das PMEs em Portugal, tanto em termos globais como sectoriais. <![CDATA[<b>O empreendedorismo e o ambiente jurídico e institucional</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Este trabalho aborda e discute dois pressupostos normalmente implícitos no estudo do empreendedorismo: I) O empreendedorismo é um comportamento que cria valor social; II) a oferta de empreendedores não é rígida, pois o comportamento empreendedor pode ser ensinado. Seguindo uma linha de investigação iniciada por Baumol (1990), foi possível concluir que o empreendedorismo pode ser improdutivo, e até destrutivo, o que apela à discussão crítica da premissa I). Com base na abordagem da influência dos fatores biológicos, em especial os genéticos, na tendência para ser empreendedor, constatou-se que o ensino de empreendedorismo pode ser afetado pela presença ou ausência dos genótipos adequados. Como estes não são alteráveis, justifica-se um aprofundamento crítico do pressuposto II), daí que é devida uma maior atenção à qualidade do empreendedorismo enquadrada pelo ambiente jurídico e institucional. Este deve potenciar a utilização do talento empreendedor em atividades produtivas.<hr/>The present paper focuses on two assumptions that usually are implicit in entrepreneurship: I) it creates social value; II) it can be taught. Firstly, we stress some empirical literature pointing to the non rejection of the Baumol´s hypothesis about unproductive entrepreneurship. This result fosters a critical discussion of assumption I). Secondly, from the empirical literature about biologic factors of entrepreneurship, it is highlighted that hereditable factors play a role. The consequence is that genetics interferes with the learning processes of entrepreneurship. This is valuable for the discussion of assumption II). If it is not easy to increase the supply of entrepreneurs, and if not all entrepreneurship increase social value, instead of focusing on the quantity of entrepreneurship, the political agenda should attend to the institutional context and the legal framework that affects the allocation of entrepreneur resources between productive and unproductive entrepreneurship. <![CDATA[<b>Variedade de capitalismo e gestão de recursos humanos</b>: <b>O caso das filiais de três multinacionais no Brasil</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Ao destacar a relevância das instituições para as dinâmicas econômicas, assume-se a perspectiva das variedades de capitalismo (VdC) e aprofunda-se o modelo de capitalismo hierárquico, ao qual o Brasil pertence. Em seguida é desenvolvido um modelo teórico próprio para uma análise das dinâmicas de gestão dos recursos humanos (GRH) internas às firmas, através da introdução do VdC do protagonismo dos trabalhadores e focando nos subsistemas institucionais mais relevantes, ou seja, nas relações industriais e no sistema educacional. A influência desses âmbitos institucionais nas práticas mais marcantes de GRH - recrutamento, treinamento e políticas compensatórias - é analisada empiricamente nas filiais brasileiras de três multinacionais. Este estudo não proporciona somente um modelo inovador para a análise de práticas de GRH nas filiais, unindo literaturas científicas diferentes, como a sociológica e a de GRH, mas também a sua aplicabilidade empírica.<hr/>The relevance of institutions for the economic dynamics is highlighted, and the varieties of capitalism (VoC) is assumed, and the hierarchical variety of capitalism (to which Brazil belongs) is explored. Afterwards, an own analytical model to study the human resource management (HRM) practices inside firms is developed. In the VoC model the workers’ protagonism is included and a focus is devoted to the most important institutional subsystems: industrial relations and education system. The influence of these institutional areas in the most relevant HRMpractices - recruitment, training and compensation politics - is analysed in the Brazilian subsidiaries of three multinational corporations. This study provides not only an innovative model to analyse HRM practices in subsidiaries - linking different scientific literatures, as the sociological and HRM ones - but also its empirical application. <![CDATA[<b>Valoração do capital natural</b>: <b>económica, ecológica ou política?</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A irrupção da problemática ambiental na reflexão económica coloca em termos novos a questão antiga da origem do valor dos bens e serviços. A determinação do valor dos recursos naturais é uma condição da sua gestão eficaz e do desenvolvimento sustentável. Descrevemos as teorias avançadas para explicar o valor dos bens e serviços ecológicos e as correlativas metodologias de cálculo: desde as que prolongam as obsessões monistas da análise monetária tradicional ou da contabilidade eco energética até à rutura dualista introduzida pela economia ecológica. Esta recusa a ideia de que um só elemento esteja na origem do valor. Defende também o princípio da incomensurabilidade, a inexistência de uma medida universal do valor, seja ela expressa em moeda ou numa unidade de tipo energético, e propõe a avaliação multicritério, como método alternativo de cálculo do valor, rejeitando deste modo a existência, neste âmbito, tanto a existência de uma racionalidade económica como de uma racionalidade ecológica.<hr/>The eruption of the environmental dimension in economic thinking builds a new background to the old question of what determines the value of goods and services. The knowledge of the value of natural resources and ecosystem services is, in fact, a condition of their effective management and a prerequisite of sustainable development.We describe here three main theories that explain the value of environmental goods and services and their correlative methodologies: from those that maintain the monists’ obsessions of traditional monetary analysis and of energy accounting to the dualist break introduced by ecological economics.This new branch of thought refuses the idea that one sole element is at the origin of value. It adopts the principle of incommensurability, the non existence of a universal measure of value, be it expressed in money terms or in an energy unit, and proposes multicriteria evaluation as an alternative tool of calculus, in a rejection both of an economic or an ecological rationale in this field. <![CDATA[<b>Gestão democrática das cidades e instituições participativas</b>: <b>tendências no contexto brasileiro recente</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt No ambiente brasileiro recente, foi observado a produção de inovações institucionais na esfera local, em especial a criação de canais institucionalizados de participação e democratização da relação entre Estado e sociedade. Este artigo tem por objetivo apresentar um panorama das instituições participativas voltadas para o planejamento e gestão das cidades, analisando suas principais características e suas novas referências legais. Efetuou-se uma revisão de literatura pertinente ao tema e recorreu-se a dados secundários do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). O trabalho explora a noção de participação cidadã e as suas dimensões, ao lado da discussão relativa às instituições participativas e detém-se na análise dos conselhos de política urbana e dos processos participativos nos planos diretores. Finalmente, tecem-se algumas considerações sobre os potenciais de democratização das relações entre Estado e sociedade no campo das políticas urbanas.<hr/>Brazilian environment has seen the production of institutional innovations at the local level, particularly emphasizing the creation of institutionalized channels of participation and democratization of the relationship between state and society. This article aims to present an overview of participatory institutions devoted to the planning and management of cities, analyzing their main features and its new legal references. Pertinent literature to the theme was reviewed and it resorts to secondary data from the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). This work examines the notion of citizen participation and its dimensions, along with the discussion on participatory institutions and focuses on the analysis of urban policy councils and participatory processes in the master plans. Finally, some considerations are made about the potential democratization of relations between state and society in the field of urban policies.