Scielo RSS <![CDATA[Revista Portuguesa de Imunoalergologia]]> http://www.scielo.mec.pt/rss.php?pid=0871-972120170002&lang=pt vol. 25 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.mec.pt/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.mec.pt <![CDATA[A Revista Portuguesa da SPAIC]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-97212017000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<b>Novos biológicos para o tratamento da asma</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-97212017000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt A maioria dos asmáticos apresenta doença controlada sob corticoterapia inalada, associada ou não a broncodilatadores. No entanto, cerca de 5 % dos asmáticos apresenta asma grave refratária à terapêutica convencional com grande impacto na qualidade de vida. Este subgrupo de doentes é responsável por grande parte dos internamentos, idas ao serviço de urgência, recurso a consultas não programadas e mortes por asma. Nos últimos anos, foram desenvolvidos vários anticorpos monoclonais para o tratamento da asma refratária. Anticorpos monoclonais anti-IL5 têm mostrado eficácia na asma eosinofílica e biológicos promissores estão a ser desenvolvidos tendo como alvo as citocinas IL-4, IL-13 e TSLP. Esta terapêutica dirigida depende do conhecimento da fisiopatologia dos subtipos de doença. A caracterização dos endótipos da asma e seus biomarcadores é fundamental para determinar, de uma forma personalizada, os doentes que podem beneficiar destas terapias específicas<hr/>Most of asthmatic patients maintain controlled symptoms with inhaled glucocorticoid therapy with or without bronchodilators. However, about 5% of asthma patients presents severe asthma, refractory to conventional therapy, with a great impact in quality of life. This subgroup of asthmatics accounts for the majority of hospital admissions, emergency visits, non-programmed consultations and asthma-related deaths. Recently, several biologic therapeutics were developed for the treatment of severe refractory asthma. Anti-IL-5 monoclonal antibodies have shown efficacy in eosinophilic asthma. Promising therapeutics targeting IL-4, IL-13 or TSLP are currently under development. The use of specific targeting treatments requires a deep knowledge of the underlying physiopathology of the disease. Therefore, it is of the utmost importance that asthma endotypes are well characterized and that relevant biomarkers are available in order to determine, in a personalized manner, which specific therapy is appropriate for each asthmatic patient <![CDATA[<b>O questionário CARATkids e a espirometria na avaliação do controlo da asma</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-97212017000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Fundamentos: A aplicação de questionários estandardizados e a avaliação funcional respiratória são fundamentais na avaliação do doente com sintomas de asma e/ou rinite. O CARATkids é o primeiro questionário padronizado e validado que avalia simultaneamente o controlo da asma e rinite alérgica (ARA) na criança. Objetivos: Avaliar o grau de controlo clínico da ARA em crianças utilizando os scores clínicos obtidos pela aplicação do CARATkids; Estudar a relação entre os referidos scores e os parâmetros espirométricos. Métodos: Estudo prospetivo incluindo 109 crianças entre os 6 e os 12 anos de idade, com ARA, seguidas em consulta de Imunoalergologia, que consistiu em preencher o questionário CARATkids aquando de uma avaliação funcional respiratória. Consideramos o score total obtido e, separadamente, as perguntas respondidas afirmativamente pelos pais (score adulto) e pelas crianças (score criança); dentro deste último, atribuímos uma classificação independente às perguntas relativas às vias aéreas superiores (score VAS) e inferiores (score VAI). O grau de controlo da ARA é inversamente proporcional aos valores dos scores obtidos. Consideramos duas faixas etárias (6-9 e 10-12 anos) e calculamos o grau de correlação entre os parâmetros espirométricos e os valores dos vários scores. Resultados: Encontramos uma elevada frequência de sintomatologia e de impacto da doença nas atividades de vida diária das crianças. Nas crianças mais novas verificamos correlações negativas significativas, embora modestas, entre os scores criança, adulto e total e a %FEV1, o que não aconteceu nas crianças na faixa etária 10-12 anos. Conclusões: Os resultados do CARATkids sugeriram um controlo insuficiente da ARA na maioria das crianças da nossa amostra, evidenciando a importância da utilização de um questionário padronizado na sua avaliação. A baixa correlação demonstrada, nas crianças mais novas, entre alguns dos scores considerados e os valores de %FEV1 sugerem que os dois métodos de estudo avaliam aspetos diferentes da asma, devendo ser utilizados de forma complementar<hr/>Background: The use of standardised questionnaires and lung function measurements are essential in the assessment of patients with asthma and/or rhinitis symptoms. CARATkids is the first questionnaire to simultaneously assess the control of asthma and allergic rhinitis (AAR) in children. Objectives: To evaluate the degree of clinical control of AAR in children using the clinical scores obtained by applying CARATkids; To study the correlation between the clinical scores and the spirometric parameters. Methods: Prospective study including 109 children aged 6 to 12 years-old, with AAR, referred to our Hospital’s Immunoallergy Department, which consisted in filling out the CARATkids questionnaire during a lung function test. We considered the total score obtained and, separately, the questions answered positively by the parents (adult score) and by the children (child score); within the latter, we assigned a separate classification to the upper airway (VAS score) and lower airway (VAI score) questions. The level of AAR control is inversely proportional to the obtained scores. We considered two age groups (6-9 and 10-12 years) and calculated the degree of correlation between the spirometric parameters and the values of the several scores. Results: We found a high frequency of symptoms and and relevant impact of the disease on the children’s daily activities. We found in younger children a negative correlation between the child, adult and total scores with %FEV1, which did not happen in children aged 10-12 years. Conclusions: The CARATkids results suggest that AAR was insufficiently controlled in most of the children in our sample, highlighting the importance of using a standardized questionnaire in their evaluation. The low correlation demonstrated in younger children between some of the considered scores and %FEV1 values suggest that the two study methods assess different asthma aspects, and should be used in a complementary way <![CDATA[<b>Angioedem induzido por inibidores da enzima de conversão da angiotensina - Casos clínicos</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-97212017000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Os inibidores de enzima de conversão de angiotensina (IECA) são frequentemente prescritos na prática clínica para controlo da pressão arterial, no enfarte do miocárdio, insuficiência cardíaca e doença renal crónica. Podem induzir angioedema (AE) em 0,1 a 0,68 % dos doentes. Os antagonistas dos recetores da angiotensina (ARA) podem causar AE, embora numa percentagem inferior. Quando o diagnóstico de AE induzido por IECA é estabelecido, a evicção de IECAs é obrigatória. Os autores descrevem dois casos clínicos de angioedema induzido por IECA/ARA<hr/>Angiotensin converting enzyme inhibitors (ACEI) are often prescribed in clinical practice to control blood pressure in myocardial infarct, heart failure, and chronic renal disease. They can induce angioedema (AE) in 0.1 to 0.68% of patients. The angiotensin receptor blockers (ARB) can cause AE, although on a lower percentage. When the diagnosis of AE induced by ACE inhibitors is established, the avoidance of ACEI is mandatory. The authors describe two cases of angioedema induced by ACE inhibitors/ARB