Scielo RSS <![CDATA[Revista de Ciências Agrárias]]> http://www.scielo.mec.pt/rss.php?pid=0871-018X20130004&lang=en vol. 36 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.mec.pt/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.mec.pt <![CDATA[<b>Soils of Cape Vert and their classification according to the world reference soil base</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Identificam-se e sistematizam-se os estudos respeitantes à cartografia e à classificação dos solos da República de Cabo Verde, bem como de outros que abrangem a classificação de terras. Tipificam-se esses estudos e analisa-se o seu enquadramento nos conhecimentos actuais. Considerando a informação disponível, conclui-se que a mesma não permite a transferência pura e simples das classificações estabelecidas para os sistemas de classificação de índole universal (incluindo o sistema de referência mundial dos solos, WRB), seja por interpretação inadequada dos dados analíticos, seja por inexistência de informação analítica pertinente. Finalmente, analisam-se os seus factores de formação e as acções a empreender para a organização funcional da informação disponível, com vista ao desenvolvimento agrário, ao ordenamento do território, à gestão dos recursos naturais e à qualidade ambiental.<hr/>Studies regarding mapping and classification of soils in Cap Verde territory, as well as those which take into account land evaluation classification are identified. Such studies are typified and their potential integration in the current knowledge analyzed. Considering the available information on soil resources, it is concluded that it does not allow a simple transference to the universal taxonomic systems (including the World Reference Soil Data Base, WRB), given the inadequacy of data analysis and the absence of analytical information. Finally, the main actions to lead to the functional organization of the available information on soils of Cap Verde are outlined, considering agrarian development, management of territory, natural resources management and environmental quality. <![CDATA[<b>Animal production and environment</b>: <b>The role of maintenance requirements of farm animals</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O autor assinala a importância que o problema da sustentabilidade do ambiente assume atualmente. Depois define sustentabilidade ambiental lembrando que em 2050 seremos 9,5 biliões à superfície da Terra segundo estimativa da FAO e que para alimentar esta população precisaremos de ter muito maior quantidade de produtos alimentares de origem animal obtidos de forma verdadeiramente eficiente e segura. Toma como exemplo o caminho seguido pelos EUA na produção de leite. Este exemplo serve para ilustrar o feito da diluição das necessidades totais e, assim, ilustrar o significado desta diluição na melhoria acentuada da eficiência, ou seja, menores impactos ambientais por unidade de produto animal. Consequentemente, para satisfazer determinado volume de procura em leite, menor será o número de vacas leiteiras necessário e maior será a área disponível para outros fins, embora as excreções por animal sejam maiores do que no passado porque os animais têm de ingerir mais, necessariamente. Termina enfatizando que a orientação da investigação agrária seguida deve prosseguir no sentido de aumentar a eficiência da conversão dos alimentos em produtos animais mais seguros.<hr/>The author points out the importance that the issue of environmental sustainability currently assumes. FAO estimates a world population of 9.5 billion people by 2050. Feeding this population implies much greater quantity of food of animal origin obtained in truly efficient way. The way followed by USA in milk production, highlights the problem. In simple terms this means that maintenance requirements represent a less proportion of the total requirements as production per cow increases. The amount of feed required for each pound of milk produced is reduced although excretion per animal has increased. As a consequence fewer animals are required to satisfy the demand which means the environmental impact is reduced since fewer animals are required to satisfy such demand and more land is available for non-agricultural purposes. Particularly in EU area, governs should devote more funds to efficient and safe animal production. <![CDATA[<b>Acerola response to organic, foliar and chemical fertilization on an Ultisoil from Central Amazonia</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nos solos de baixa fertilidade da terra firme da Amazônia, a deficiência de nutrientes limita a produtividade das plantas, afetando economicamente os produtores rurais regionais. Uma das espécies cultivadas por esses produtores é a aceroleira (Malphigia punicifolia L.). Sendo assim, o presente estudo teve como objetivo avaliar a resposta das plantas de acerola por meio dos teores foliares de macro (Ca, Mg, P, K e N) e micronutrientes (Fe, Mn e Zn), num experimento conduzido na Comunidade do Brasileirinho, localizado na periferia do município de Manaus-AM. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial de parcela subdividida 3 x 9 (três épocas de colheita e nove tratamentos, com cinco repetições). Os tratamentos constituíram de adubação orgânica (1L de esterco de galinha), adubação química, combinação de adubação química e foliar e somente adubação foliar. Os resultados demonstraram que as plantas que receberam adubação química apresentaram os maiores teores de Ca, Mg, P, K e N. Já as plantas que receberam adubação foliar apresentaram os maiores teores de Fe, Mn e Zn.<hr/>In the majority of Amazonian low fertility soils of the, the nutrients deficiency resource limits the productivity of the plants, affecting economically the majority of small farmers. One of the cultivated species is the acerola (Malphigia punicifolia L.). This research aimed to evaluate acerola plants macro and micronutrients contents in response to fertilization on yellow oxisol located in the Brasileirinho Agricultural Community, Manaus. The experimental design was randomized blocks with a 3 x 9 split plot scheme with three collect times, nine treatments and five repetitions, with chemical, foliar and organic fertilization. There were significant variations in the acerola foliar contents in different treatments. The plants that received the treatments with chemical fertilization showed higher Ca, Mg, K, P and N leaf contents. The plants that received foliar fertilization showed the highest Fe, Mn and Zn leaf contents. <![CDATA[<b>Performance of hybrid corn grown in different spacing in the region of Brazilian savanna</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A pesquisa foi realizada com o objetivo de avaliar os efeitos dos diferentes espaçamentos entre linhas e híbridos de milho nos componentes de produção e produtividade da cultura na região de Cerrado do Estado de Mato Grosso do Sul, Centro-Oeste do Brasil. O experimento foi realizado na Unidade Universitária de Aquidauana - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, no ano agrícola de 2010. O delineamento estatístico utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial (3x2), com quatro repetições. Os tratamentos foram compostos pela combinação entre dois espaçamentos entre linhas (0,45 e 0,90 m) e três híbridos (AG9040, P30F35 e P30K75Y). O espaçamento de 0,90 m proporcionou os maiores valores de comprimento da espiga, número de grãos por espiga e produtividade para os híbridos avaliados. O híbrido P30F35 apresentou maior número de grãos por espiga, massa de cem grãos e produtividade.<hr/>The research was conducted to evaluate the effects of different row spacing and hybrid maize yield components and crop yield in the Cerrado region of the State of Mato Grosso do Sul, Central-west Brazil. The experiment was conducted at the University of Aquidauana - State University of Mato Grosso do Sul, in the agricultural year 2010. The statistical design was a randomized block design in a factorial design (3x2) with four replications. The treatments consisted of combinations of two row spacing’s (0.45 and 0.90 m) and three hybrids (AG9040, P30F35 and P30K75Y). The spacing of 0.90 m showed highest values of spike length, number of grains per spike and productivity for the hybrids. The hybrid P30F35 showed higher number of grains per spike, weight of hundred grains and productivity. <![CDATA[<b>Rainfall erosivity in Madeira Island</b>: <b>Analysis of the 20 February 2010 catastrophe</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en O parâmetro de erosividade de precipitação R de Wischmeier (USLE/RUSLE) é um indicador adequado para a avaliação da erosão hídrica potencial. A catástrofe natural ocorrida na Ilha da Madeira, a 20 de Fevereiro de 2010, de cheias repentinas com intensas torrentes de detritos, foi responsável por enorme devastação e perdas de vidas. Desde então têm sido desenvolvidos esforços para analisar o acontecimento e avaliar a erosão distribuída. Foi adoptada a metodologia da RUSLE, no entanto, afigurava-se fundamental obter os valores distribuídos de R, tanto para o acontecimento, como em base anual. O Observatório Meteorológico do Funchal é a única estação meteorológica disponível com longos registos de dados de precipitação com discriminação de 10 minutos (últimos 10 anos), que permite o cálculo da erosividade, no acontecimento e em bases diárias e mensais. Esta estação tem também registos horários para mais de 20 anos, existindo registos diários desde meados da década de 1930. Devido à escassez de dados, foi necessário recorrer a análises de correlação para estimar a erosividade em períodos mais alargados e em outros locais. A metodologia estabelecida no estudo desenvolvido permitiu o cálculo do parâmetro de erosividade da RUSLE para a Madeira. Permitiu, também, fazer comparações com estimativas anteriormente obtidas para Portugal Continental. O procedimento desenvolvido demonstrou boa robustez, sendo apresentada uma proposta para lidar com casos de escassez de dados.<hr/>To assess local or regional potential erosion, an adequate indicator is the rainfall erosivity parameter (R) of RUSLE. The Madeira’s island catastrophe of 20 February 2010, with intense debris flows was responsible for devastation and losses of lives; efforts have been made to analyze the event and to evaluate the distributed erosion. The RUSLE methodology was adopted, however the key issue was obtaining the distributed values of R, both for the event and on a yearly basis. Funchal-Observatório is the only meteorological station available with long records and precipitation data with 10 minute discrimination (last 10 years), to enable the calculation of the erosivity, by event and on daily and monthly basis. This station has also hourly records for more than 20 years and daily records exist since the middle 1930’s.. Due to the scarcity of data, correlations were established to estimate erosivity for larger periods and assess erosivity in other locations. The established methodology allowed calculation of RUSLE erosivity parameter on yearly and event basis, in Madeira. Comparisons were made with previously estimations obtained for Portugal. The procedure showed good robustness and a proposal to deal with cases of data scarcity is presented. <![CDATA[<b>Toxic metals in Raphanus sativus</b>: <b>assessing the levels of cadmium and lead in plants and damage to production</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en An essay in the greenhouse was conducted to evaluate the effects of cadmium and lead in radishes grown in nutrient solution. The doses of Cd used were 0.0; 0.025; 0.1; 0.5 and 1.0 mg L-1 and Pb 0.0; 0.25; 1.0; 5.0 and 10.0 mg L-1. The increase in absorption of Cd and Pb was achieved by increasing the concentration of these elements in the solution. The roots accumulate greater amounts of metal from the leaves, followed by the tubers. The content of Cd deleterious to the production of roots was from 0.1 mg L-1. Higher doses than those used in this study (1.0 mg L-1 Cd and 10.0 mg L-1 Pb) can be considered critical for toxicity and plants would be completely eliminated from such concentrations. Cd and Pb are metals of low translocation in the plants and its harmful effect is due to the deposition of highly stable chelates in the roots.<hr/>Um ensaio em casa de vegetação foi realizado para avaliar os efeitos de cádmio e chumbo em rabanetes cultivados em solução nutritiva. As doses de Cd utilizadas foram 0,0; 0,025; 0,1; 0,5 e 1,0 mg L-1 e de Pb 0,0; 0,25; 1,0; 5,0 e 10,0 mg L-1. Os teores de Cd utilizados foram 0; 0.025; 0,1; 0.5 e 1 mg L-1 e Pb 0; 0.25; 1; 5 e 10 mg L-1. O aumento na absorção de Cd e Pb foi obtido com o aumento da concentração destes elementos na solução. As raízes acumularam maiores quantidades de metal do que as folhas, seguido dos tubérculos. O teor de Cd deletério para a produção das raízes foi a partir da dose de 0,1 mg L-1. Doses maiores do que as utilizadas neste estudo (1,0 mg L-1 Cd e 10,0 mg L-1 Pb) podem ser consideradas críticas para a toxicidade, e as plantas seriam completamente eliminadas a partir destas concentrações. Cd e Pb são metais de baixa translocação nas plantas e seu efeito deletério é devido à deposição de quelatos muito estáveis nas raízes. <![CDATA[<b>Forage production of Panicum maximum cultivars under different growing seasons and seed types</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en A espécie Panicum maximum é uma das principais forrageiras cultivada em todo o mundo, sendo altamente valorizada por sua capacidade de produção de matéria seca e qualidade de forragem. O presente trabalho foi desenvolvimento da unidade experimental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana, tendo como objetivo avaliar a produção de forragem de cultivares de P. maximum, submetidas a diferentes estações de cultivo e tipos de semente. Os tipos de sementes utilizados foram sementes convencionais e sementes incrustadas, as cultivares de P. maximum foram Mombaça, Massai e Tanzânia, e as épocas de semeadura foram verão e outono. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 2x3, com quatro repetições. As variáveis analisadas foram a massa fresca da parte aérea (MFPA) e massa seca da parte aérea (MSPA) com corte realizado aos 60 dias após a semeadura. O tipo de semente não influenciou a produção de forragem das três cultivares estudadas. As cultivares Mombaça e Massai obtiveram maiores valores de MSPA, com relação a cultivar Tanzânia. A semeadura durante o verão proporcionou maior produção de forragem às cultivares de P. maximum, The sowing during summer allowed higher forage production to the cultivars of P. maximum na região de Aquidauana, Mato Grosso do Sul, Brasil.<hr/>The species Panicum maximum is major forage grown worldwide and is highly valued for its ability to dry matter yield and forage quality. The present work was development of the experimental unit of the State University of Mato Grosso do Sul, Unit Aquidauana University, aiming to evaluate the forage yield of cultivars of P. maximum under different growing seasons and types of seed. The types of seeds used were conventional seeds and encrusted seeds, cultivars of P. maximum were Mombaça, Tanzânia and Massai, and sowing dates were summer and autumn, respectively. The experimental design was a randomized complete block in a 2x3 factorial design with four replications. The variables analyzed were: mass fresh green shoots (MVPA) and dry mass (MSPA) with cutoff at 60 days after sowing. The seed type had no effect on forage production in the three cultivars evaluated. Cultivars Mombaça and Massai obtained higher values of MSPA, than the cultivar Tanzânia. The sowing during summer allowed higher forage production to the cultivars of P. maximum in the region of Aquidauana, Mato Grosso do Sul, Brazil. <![CDATA[<b>Allelopathy of green manures on Cyperus rotundus</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito alelopático da incorporação no solo da biomassa de diferentes espécies de adubos verdes (EAV) sobre a biomassa seca da tiririca (Cyperus rotundus). O experimento foi conduzido na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Unidade de Aquidauna, setor Fitotecnia, MS, Brasil. As EAV utilizadas foram a Mucuna aterrima, Mucuna deeringiana e Cajanus cajan e uma área cujo solo permaneceu sem cobertura vegetal e com alta infestação de tiririca (testemunha). Foi quantificada a biomassa seca (BS) das plantas emergidas de tiritica aos 7, 14, 21 e 28 dias após a incorporação da cobertura vegetal (DAIC) em 1 m² de cada subparcela. Aos 28 DAIC, num volume de solo de solo de 8000 cm³ de cada parcela, foi feita a contagem do número de tubérculos de tiririca existentes (NT), sendo os mesmos, implantados em caixas gerbox preenchidas com areia e acondicionadas em estufa do tipo BOD para obtenção da porcentagem de germinação de tubérculos (GT). A BS da tiririca aumentou linearmente com o decorrer dos DAIC da biomassa das EAV no solo, onde a M. aterrima apresentou o maior efeito alelopático sobre a tiririca, reduzindo significativamente a BS, NT e GT desta espécie daninha.<hr/>The objective of this study was to evaluate the allelopathic effect of soil incorporation of straw of different species of green manure (SGM) on the dry weight of purple nutsedge (Cyperus rotundus). The experiment was conducted at the State University of Mato Grosso do Sul - Unit Aquidauna, sector Plant Science, MS, Brazil. The SGM used were Mucuna aterrima, Mucuna deeringiana and Cajanus cajan and area where the soil remained without vegetation cover and highly infested with C. rotundus (witness). The dry biomass (DB) of the weed emerged plants was quantified at 7, 14, 21 and 28 days after incorporation of vegetation (DAIV) for each 1 m² plot. At 28 DAIV, per plot, the number of purple nutsedge tubers (NT) was counted in a soil volume of 8,000 cm³. Thereafter the tubers were planted in gerboxes filled with sand and placed in a greenhouse type BOD to obtain the percentage of germination of tubers (GT). The DB of the nutsedge increased linearly over the course of the DAIV of SGM biomass where M. aterrima had the highest allelopathic effect on nutsedge, greatly reducing the BS, NT and GT this weed. <![CDATA[<b>Effect of substrates and plant growth promoting bacteria in the germination of sugarcane seeds</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this work was to test different substrates with Plant Growth Promoting Bacteria (PGPB) inoculation on sugarcane seed germination. The substrates were sand, vermiculite and Plantmax®. The completely randomized factorial design 2x3, with 4 repetitions was used. The parameters estimated were speed of germination index, days for emergence, and 30 days after sowing the parameters: height of seedlings (cm), volume of roots (cm³), length of roots (cm), and the number of germinated plants. The application of PGPB promoted better development of seedlings, mainly roots. The Plantmax® presented the better conditions for germination and seedling development. Vermiculite had the worst results. No response to PGPB was observed in the sand. The use of Plantmax® and PGPB in germination of sugarcane seeds is recommended.<hr/>O objetivo do presente trabalho foi testar diferentes substratos e a inoculação com bactérias promotoras do crescimento vegetal (BPCV) na germinação de sementes de cana-de-açúcar. Os susbtratos foram areia, vermiculita e Plantmax®. O delineamento foi inteiramente casualizado em fatorial 2x3, com 4 repetições. Foram estimados os parâmetros índice de velocidade de germinação, dias para emergência, e aos 30 dias após a semeadura os parâmetros: altura das plântulas (cm), volume das raízes (cm³), comprimento das raízes (cm) e o número de plântulas germinadas. A aplicação de BPCV promoveu o crescimento das plântulas, principalmente das raízes. O Plantmax® apresentou as melhores condições para o desenvolvimento das plântulas e para a germinação. Na vermiculita o desenvolvimento das plântulas foi limitado. Na areia não houve resposta à aplicação de BPCV. Recomenda-se a utilização do substrato Plantmax® e a aplicação de BPCV na germinação de sementes de cana-de-açúcar. <![CDATA[<b>A climate change scenario and soil ammonium “fixation” during the seasonal rice (Oryza sativa) growth in Portugal under intermittent flooding</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en The “newly fixed” NH4+ in clay minerals should be considered for an efficient management of plant nutrition. In a clay-loam soil cultivated in 2012 with rice under intermittent flooding and conventional agronomic practices, the dynamics of pH, N-inorganic and non-exchangeable NH4+ was evaluated i) under field conditions, air temperature and atmospheric [CO2] (375 µmol mol-1 air) in Salvaterra de Magos (Portugal), and ii) under elevated temperature and temperature+[CO2] in controlled microclimate. For that, open-top chambers were used to simulate the conditions of an increased mean air temperature (2-3 °C), alone or combined with increased [CO2] (550 µmol mol-1 air). Non-exchangeable NH4+ was significantly higher under open-field conditions compared with the temperature elevation, with or without elevated atmospheric [CO2]. Temperature elevation reduced the “fixation” rate of the cation, while the CO2 concentration rise did not affect particularly the non-exchangeable form. Further studies are required for consolidation of these findings together with microbial communities and dynamics of C and N in soil.<hr/>O NH4+ recém-“fixado” nos minerais argilosos deve ser considerado numa gestão eficiente da nutrição vegetal. Num solo argilo-limoso, localizado em Salvaterra de Magos (Portugal), cultivado em 2012 com arroz, sob alagamento intermitente e práticas agronómicas convencionais, avaliou-se a dinâmica do pH, N-inorgânico e NH4+ não-trocável i) em condições de campo, de temperatura do ar e [CO2] atmosférico (375 µmol mol-1), -, e de ii) aumento da temperatura e temperatura+[CO2] em microclima controlado. Foram utilizadas câmaras de topo aberto para simulação do aumento da temperatura média do ar (2-3 ºC), apenas ou combinado com aumento da [CO2] (550 µmol mol-1). Os resultados mostraram que o NH4+ “fixado” foi superior em condições de campo, em comparação com a elevação da temperatura, com ou sem elevação da [CO2]. A elevação da temperatura reduziu a taxa de “fixação” do catião, enquanto o aumento da [CO2] não afectou o NH4+ “fixado”. Mais estudos são necessários para a consolidação destes resultados, bem como da dinâmica do C, N e população microbiana no solo. <![CDATA[<b>Striga asiatica chemical control by seed coating imazapyr resistant maize hybrids</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en A planta parasita Striga asiatica, conhecida por pequeno-feiticeiro, constitui um dos maiores problemas no rendimento e produção do milho, em Angola. A elevada persistência das sementes de S. asiatica no solo implica a utilização de estratégias de gestão que afetem quer a emergência quer a viabilidade do parasitismo. Este estudo teve por objetivos controlar a planta-parasita em campos infestados por recurso a milho de polinização livre e resistentes ao imazapir (IR) cujas cariopses foram revestidas com 30 g ha-1 do herbicida. Em 2009/10 e 2010/2011, foram instalados três ensaios, no Planalto Central de Angola, com variedades de milho IR e variedades autóctones, utilizando sementes com revestimento por herbicida (H30) e sem revestimento de herbicida (H0), sendo avaliados a emergência e ocrescimento de S. asiatica, e produtividade do milho. Comparativamente à testemunha, o revestimento das cariopses com imazapir evidenciou um controlo total da parasita. Observaram-se efeitos significativos (P < 0,05) na emergência de S. asiatica nos dois ensaios. Os resultados evidenciaram que o revestimento das cariopses por imazapir inibe (P < 0,001) a emergência da parasita para zero plantas por m-2, 12 semanas após a sementeira. Para além disso, observou-se que a utilização da imidazolinona inibiu a emergência de Striga sem prejuízo na produtividade do milho não resistente. O rendimento do milho, em média, duplicou. Todavia, a produção do milho variou significativamente com a variedade, mesmo na ausência da planta-parasita. As variedades de polinização livre de milho IR ZM521, ZM523 e ZM625, devido ao incremento na produtividade e às possibilidades de controlo da planta-parasita, poderão ser considerados para introdução na região.<hr/>The parasitic weed species Striga asiatica, also known as witch weed, is one of the major constraints in maize production, in Angola.Since S. asiatica seed banks are long-lived, control strategies that affect the seeds emergence and parasitism are necessary. In this study S. asiatica control was carried out, in infested fields, with a new technology using seed coating herbicide resistant (IR/OPV) with imazapyr at 30 g ha-1. In 2009/10 and 2010/2011 seasons autochthones (non-IR) and IR maize varieties were sowed, to assess spill-over effects on Striga emergence, maize growth and production. Compared to control (non-IR) the herbicide showed a total control of the parasitic weed with an increase of about two-fold in maize production. Nevertheless maize production varied significantly with the tested variety even in the absence of the parasitic weed. There were significant (P < 0.05) effects on Striga emergence on both year trials. Results showed that imazapyr seed dressing suppressed (P < 0.001) Striga emergence to 0.0 plant m-2, compared to about 5 plants m-2 in untreated plots at 12 weeks after sowing. The results therefore suggest that the use of ALS inhibiting herbicides can suppress Striga emergence with an increase in maize productivity. Due to its high yielding potential the IR maize hybrids ZM521, ZM523 e ZM625 could be considered for introduction in the region. <![CDATA[<b>Nitrogen management in organic horticultural rotation</b>]]> http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-018X2013000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Realizou-se uma rotação anual com uma cultura de cobertura de ervilhaca (Vicia sativa L.) e centeio (Secale cereale L.) como adubo verde, seguida por batata (Solanum tuberosum L.) e alface (Lactuca sativa L.) com o objetivo de contribuir para melhorar a gestão do azoto (N) no solo em agricultura biológica. A mineralização de N foi determinada através de uma incubação de campo em resposta à aplicação de adubo verde, compostado (20 e 40 t ha-1) e adubo orgânico (1 e 2 t ha-1) à cultura da batata. A mineralização de N no compostado ocorreu durante todo o período de desenvolvimento das culturas, enquanto no adubo orgânico uma percentagem elevada de N mineralizou-se logo nos primeiros dias após incorporação ao solo, do que resultou uma maior disponibilidade de N e uma produção superior na cultura da batata com 2 t ha-1 de adubo em comparação com a aplicação de 20 t ha-1 de compostado e superior na alface com a aplicação do compostado em comparação com o adubo orgânico.<hr/>A field crop rotation with a cover crop of hairy vetch (Vicia sativa L.) and rye (Secale cereale L.) followed by potato (Solanum tuberosum L.)and lettuce (Lactuca sativa L.) was set up with the aim of improving nitrogen (N) management for organic farming. N mineralization was determined by a field incubation in response to green manure and increasing rates of compost (20 e 40 t ha-1) and organic commercial fertilizer (1 e 2 t ha-1). N mineralization in compost took place during all crop rotation, but most of the organic fertilizer was mineralized during the first days after soil application. Consequently, N availability and potato crop yield was increased with 2 t ha-1 of organic fertilizer compared to 20 t ha-1 of compost whereas lettuce yield increased with compost application in comparison to organic fertilizer.