logoCCT

ISSN 2182-3030
[versão online]

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

  • Escopo e enfoque

A orientação da CIDADES baseia-se na pluralidade de perspectivas teóricas e abordagens disciplinares à análise da cidade, tal como consagrado no leque multidisciplinar da área científica dos estudos urbanos. A CIDADES procura aprofundar o conhecimento acerca dos problemas e políticas urbanos de forma a orientar a intervenção e, em geral, no que diz respeito aos processos de transformação das cidades, das comunidades e dos territórios.

  • Periodicidade
    A CIDADES, Comunidades e Territórios é uma revista semestral.
  • Política de Acesso Aberto
    A CIDADES, Comunidades e Territórios defende uma política de acesso aberto, gratuito, público e online, concretamente: (i) o acesso de pessoas ou maquinas a conteúdos produto da investigação técnica e científica financiados por dinheiros públicos; e (ii) a reutilização, integração e tratamento computacionais desses conteúdos para efeitos de produção de conhecimento de ordem superior.
  • Processo de Revisão de Pares
    A CIDADES, Comunidades e Territórios é uma revista com revisão de pares. Baseia-se num sistema de revisão 'Double Blind', em que é preservado o anonimato tanto dos autores como dos revisores. De forma a garantir essas condições, é pedido aos envolvidos que se assegurem que não há quaisquer referências a identidade (nomes, endereços de email, afiliações e referências) nos documentos submetidos (cf. Author Guidelines). Cada artigo é revisto por dois revisores nomeados pelo Conselho de Redacção em virtude das suas competências.

 

Forma e preparação de manuscritos

  • (1) Língua – Os artigos podem ser escritos em português (a adopção do NAO é facultativa), inglês (Oxford spelling), francês e espanhol.
  • (2) Dimensão - Os artigos não devem ter mais de 9000 palavras, incluindo diagramas, tabelas, notas e bibliografia.
  • (3) Fonte – Times New Roman 12; espaçamento (1,5 linha); negrito e itálico preferencialmente ao sublinhado (excepto endereços URL).
  • (4) Tabelas/Gráficos/Fotografias - as imegans devem ser colocadas no documento, imediatamente a seguir ao parágrafo onde são mencionadas pela primeira vez (e não no fim do texto). Todas as tabelas e gráficos devem usar a fonte pré-definida em (3), utilizar a língua do artigo, e ser copiadas em formato editável, sempre que possível.
  • (5) Identidade dos autores - Não é permitida a inclusão de qualquer menção ao(s) autor(es) (nome, email, afiliação, referências, etc.) ao longo do texto ou nas referências. Solicita-se especial atenção às propriedades de documento que remetam para autoria.
  • (6) Título - Se o artigo for escrito numa língua que não o inglês, é necessário fornecer uma versão inglesa do título.
  • (7) Sumário - Todos os artigos devem conter um sumário de não mais de 250 palavras. Se o artigo for escrito numa língua que não o inglês, é necessário fornecer uma versão inglesa do sumário.
  • (8) Palavras-chave - 3 a 6 palavras-chave. Se o artigo for escrito numa língua que não o inglês, é necessário fornecer uma versão inglesa das palavras-chave.
  • (9) URL – Todos os endereços URL no texto e na bibliografia devem estar activos mediante um clique.
  • (10) Permissões - Os autores devem obter permissão prévia para a reprodução de materiais sujeitos a direitos de copyright, não se responsabilizando a CCT pela cópia desses materiais.
  • (11) Estilo e Padrões Bibliográficos - Só devem ser incluídas na bibliografia as referências citadas no texto.
    • (11.1) No texto
      (Luhmann, 1992:64-65)
    • (11.2) Obra de autor único
      Luhmann, Niklas (1992), The Differentiation of Society, New York: Columbia University Press.
    • (11.3) Obra de co-autoria
      Fitoussi, Jean-Paul e Pierre Rosanvallon (1996), Le nouvel Age des Inégalités, Paris: Éditions du Seuil.
    • (11.4) Capítulos de livros
      Pollitt, Christopher (2000), “How We Know How Good Public Service Are?”, in B. Guy Peters and Donald Savoie (orgs.), Governance in the Twenty-first Century. Revitalizing the Public Service, Montreal & Kingston: McGill-Queen’s University Press.
    • (11.5) Artigos de revista científica
      Almeida, Vasco (2001), « O Estado, a economia e as despesas públicas em Portugal 1974-2000”, Revista de Administração e Políticas Públicas, II, (2), pp. 189-212.
    • (11.6) Artigos em publicações online
      Boughton, John (2002), “The Bretton Woods proposal: an in depth look”, Political Science Quarterly, (Online), 42 (6).
      Available at: http://www.pol.upenn/articles
    • (11.7) Comunicação
      Oliveira, José Ferreira (2002), “Os modelos de policiamento e as políticas de segurança: a emergência do policiamento de proximidade”, paper presented in the II Meeting Administração e cidadania – Modernização dos serviços públicos, ISCTE, May 23/24, 2002, Lisbon.
    • (11.8) Tese de doutoramento/ Dissertação de mestrado
      Ferraz, David (2008), A selecção de dirigentes públicos no contexto da evolução de Estado e de Administração – Contributos para uma definição de uma política integrada, Dissertação de Mestrado em Administração e Políticas Públicas, Lisboa, ISCTE
    • (11.9) Quando é citada uma publicação com várias edições, é desejável a referência à primeira data de publicação (eg.: Luhman, Niklas (1992; 2002)).
  • (12) Submissões online
    • Já tem um nome de utilizador/palavra-passe para a CIDADES, Comunidades e Territórios?
      FAÇA LOGIN
    • Ainda não tem nome de utilizador/palavra-passe?
      FAÇA O REGISTO
    • O registo e acesso à revista são necessários para a submissão de conteúdos, bem como para a consulta do estado de submissões em apreciação.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo Editorial] [Assinaturas]


© 2018 CIDADES, Comunidades e Territórios.

DINÂMIA'CET-IUL, Edifício ISCTE, Av. das Forças Armadas
1649-026 Lisboa, Portugal
Tel.: +351210464197

e-mail: cidades.dinamiacet@iscte-iul.pt

http://revistas.rcaap.pt/cct/